Share on FacebookGoogle+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail to someoneshare on Tumblr

Graças ao aparecimento dos smartphones, a tecnologia acompanha-nos no nosso bolso onde quer que vamos. Desta forma, podemos estar em contacto com os nossos familiares, amigos e colegas em qualquer momento do dia – o que é útil e conveniente. No entanto, há momentos nas nossas vidas em que sentimos a necessidade de desconectar completamente e não estar em contacto constante, o que acontece quando estamos de férias. Podemos dizer a nós mesmos que durante as férias não vamos ver e-mails, mas dado que os nossos telemóveis não servem apenas para fazer chamadas nem para enviar mensagens, acabamos por consultá-los para ver as horas, ver mapas, e  por isso é praticamente impossível desligarmo-nos. Queremos saber a que horas o próximo autocarro parte, e sem darmos por isso, estamos a responder a e-mails do trabalho e a convites dos amigos para jantar, incapazes de deixar a vida quotidiana para trás, apesar de ser esse o principal objetivo de viajar fora do nosso ambiente.

Introduza o conceito de viagem lenta: uma forma de descobrir novos lugares sem uma conexão wi-fi. Coloque um relógio, pegue nos mapas de papel esquecidos que guardou numa gaveta e visite um lugar onde não tenha um acesso fácil à Internet.

Enquanto o Japão tem a reputação de ser um país tech-savvy, encontrámos algumas zonas  não-turísticas onde pode relaxar completamente e voltar a ter contacto com a natureza. Resumidamente, é uma ilha, onde não precisa de DNS para se sentir conectado a coisas que são maiores do que você mesmo.

Flores de Cerejeira em Tóquio

Fora da agitação movimentada da cidade fica Okutama, uma região repleta de montanhas situadas a oeste de Tóquio. Não vai encontrar turistas aqui; é um dos segredos mais bem guardados do Japão e um lugar favorito de jovens japoneses para fazer caminhadas. A paisagem muda com cada uma das quatro estações do ano, permitindo-lhe acompanhar o florescimento da Sakura na primavera, e as cores ricas e outonais no outono. No inverno, as montanhas são cobertas com neve e as cascatas congeladas proporcionam um cenário único e lindo.

Viva como os locais em Quioto

No norte de Quioto, pode ter uma noção autêntica da forma de viver lentamente na pequena aldeia de Kayabuki no Sato. Desprovida de todos os equipamentos turísticos, as pitorescas casas com teto de palha vão fazer-se sentir como se estivesse de volta a uma era pré-digital. Se estiver a sentir-se  aventureiro, faça um longo passeio nas montanhas com uma vista espectacular sobre o rio Yura.

Explore o seu lado espiritual em Yamagata

Outro lugar onde pode permanecer sem distrações pela tecnologia pode ser encontrado no Templo Risshakuji, também conhecido como Yamadera (templo da montanha), na região de Yamagata. Estará demasiado ocupado para ver as mensagens enquanto estiver a subir os 1000 degraus de pedra para atingir o ponto mais alto do templo. À medida que sobe, verá templos mais pequenos com estátuas e lanternas autênticas, e assim que chegar ao topo, será recompensado com uma vista de tirar o fôlego das montanhas, bem como o vale.

Rubis em Nagano

Uma oportunidade para tirar uma fotografia perfeita espera por si em Akasoba no Sato, mas terá de esperar até que esteja num lugar mais populoso em Nagano para publicá-la nas redes sociais. Em setembro, os campos de flores rubi florescem em Takane, criando um efeito tapete vermelho ao longo de toda a região. Isso proporciona um belo contraste com o céu azul-celeste e montanhas verdejantes, fazendo sentir-se como se estivesse numa pintura em aquarela.

Apesar da moderna dependência diária de estarmos à distância de um clique das pessoas e da informação nunca desaparecer, é importante tirarmos tempo para desligar completamente de vez em quando e apreciarmos verdadeiramente o mundo à nossa volta. Viajar lentamente é uma ótima forma de o fazer, e descobrirá que há uma quantidade surpreendente de lugares à volta do globo, que permitem-lhe o luxo de férias sem se preocupar com um limite de dados.

This post is also available in: Inglês Holandês Espanhol Francês Alemão Sueco

Leave a Comment

Error: Please check your entries!